Warning: Table './gaviaoreal/Public_2011_Projeto_cache' is marked as crashed and should be repaired query: SELECT data, created, headers, expire, serialized FROM Public_2011_Projeto_cache WHERE cid = 'variables' in /pages/inpa/coord/gaviaoreal/public_html/includes/database.mysqli.inc on line 135

Warning: Table './gaviaoreal/Public_2011_Projeto_cache' is marked as crashed and should be repaired query: UPDATE Public_2011_Projeto_cache SET data = 'a:894:{s:13:\"theme_default\";s:16:\"GaviaoRealPublic\";s:13:\"filter_html_1\";i:1;s:18:\"node_options_forum\";a:1:{i:0;s:6:\"status\";}s:18:\"drupal_private_key\";s:64:\"3bbdcf09ad39d0b87702b3287ad239c2cf19e32153b3cbc98bc71653d8ae0e19\";s:10:\"menu_masks\";a:33:{i:0;i:127;i:1;i:126;i:2;i:125;i:3;i:124;i:4;i:120;i:5;i:117;i:6;i:63;i:7;i:62;i:8;i:61;i:9;i:60;i:10;i:59;i:11;i:58;i:12;i:57;i:13;i:56;i:14;i:45;i:15;i:31;i:16;i:30;i:17;i:29;i:18;i:28;i:19;i:24;i:20;i:22;i:21;i:21;i:22;i:15;i:23;i:14;i:24;i:12;i:25;i:11;i:26;i:10;i:27;i:7;i:28;i:6;i:29;i:5;i:30;i:3;i:31;i:2;i:32;i:1;}s:12:\"install_task\";s:4:\"done\";s:13:\"menu_expanded\";a:1:{i:0;s:16:\"menu-menupublico\";}s:9:\"site_name\";s:20:\"Projeto Gavião-real\" in /pages/inpa/coord/gaviaoreal/public_html/includes/database.mysqli.inc on line 135
Reabilitação | Projeto Gavião-real

Harpias resgatadas em comunidades rurais, com ferimentos ou machucadas, passam por um período de reabilitação em recintos adaptados, onde o objetivo é devolvê-las as florestas de origem para deixarem sua contribuição genética à natureza. O IBAMA tem atuação importante no processo de resgaste e muitas vezes no início da reabilitação.
 

Harpia machucada oriunda de Novo Aripuanã-AM. 2008.
Gavião-real machucado na cabeça oriundo de Novo Aripuanã, AM. 2008.
Patas harpia feridas oriunda de Barreirinha-AM. 2008.
Patas feridas de Gavião-real oriundo de Barreirinha-AM. Início reabilitação IBAMA Manaus. 2008.

Com as informações sobre um protocolo de alimentação em cativeiro obtidas a partir da experiência do Sr. Roberto A. Azeredo da CRAX (Sociedade de Pesquisa do Manejo e Reprodução da Fauna Silvestres) responsável pela primeira reprodução bem sucedida de Harpias em cativeiro, em Belo Horizonte, as reabilitações com indivíduos debilitados tem obtido sucesso em 100% dos casos. No CRAX, Azeredo alimenta as harpias sem padrões fixos de horários e dias (alimentação com intervalos variáveis de dias e em diferentes horários) visando simular às condições do hábitat natural da espécie. Ainda de acordo com Azeredo, a alimentação deve ser composta por carcaças, ossos e vísceras para permitir o desgaste natural do bico.

O recinto onde deve permanecer cada Harpia durante a reabilitação possui isolamento visual, água e é organizado de forma a possuir diversos poleiros em diferentes alturas para estimular voos altos e distância de deslocamento. Após verificação de que o indivíduo está apto a se deslocar e a caçar com habilidade, ele será marcado com dispositivos de identificação e monitoramento (anilhas, microchip e rádio-transmissores satélite e VHF), realizado a biometria e devolvido a natureza. Recinto de reabilitação aves de rapina Mata Atlântica.

Em campo, um biólogo treinado pelo PCGR acompanhará os primeiros dias de deslocamento daquele indivíduo para confirmação in locu do sucesso da reabilitação. Em todos os processos, contamos com o apoio das comunidades onde a ave foi encontrada, desde o resgate, onde eles encontram a ave machucada até o momento da devolução, e nos meses subsequentes com notícias de observações casuais daquele indivíduo solto.

.
Devolução de gavião-real reabilitado. Nhamundá, AM. 2006.

Equipe do PCGR e voluntários transportando um gavião-real reabilitado até a região onde deverá ser devolvido. Nhamundá, AM. 2006

Gavião-real devolvido à natureza após reabilitação. Barreirinha, AM. 2008.
Gavião-real devolvido à natureza após reabilitação. Barrerinha, AM. 2008.